Sexta, 07 Junho 2019 00:57

Meditação: a sintonia para a interação profissional Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Imagine que você está para entrar naquela reunião de trabalho que sabe que vai pegar fogo. Só de pensar nas iminentes discussões os níveis de cortisol – hormônio ligado ao stress – já vão lá pra cima. Nessa hora, o desejo da maioria das pessoas é manter o controle, e, mais que isso, manter todas as pessoas que estão naquela sala controladas, tranquila. E, acredite, isso é possível, com uma técnica milenar, que é explicada e comprovado pela neurociência e pela física quântica.

Muita calma nessa hora! O velho bordão não é apenas um conselho, mas uma possibilidade, fácil de se alcançar. A respiração a base de tudo. É o que explica a odontóloga Dra. Aline Heringer, especialista em meditação.

Ela teve contato com a técnica durante um tratamento de saúde. O sucesso no tratamento a levou a pesquisar cada vez mais sobre o assunto. Indo a fundo, ela descobriu muito mais benefícios, sobretudo no campo da neurociência.

Segundo ela, 10 minutos de prática, reduzem os níveis de cortisol no sangue, o hormônio do stress, em 40%. A meditação é uma técnica muito simples, que se baseia na respiração e na concentração. Ela explica:

“Quando silencio minhas palavras, eu aquieto a minha mente, torno consciente a minha respiração, passo a observar os movimentos que ela faz no meu corpo. Com movimentos repetitivos de expansão e contração dos pulmões, é possível enviar uma mensagem ao cérebro, de que está tudo bem [o contrário do que o stress faz]”.

A respiração é muito importante. Conforme explica a Dra Aline, é ela que transmite ao cérebro, e por consequência para o corpo, que está tudo bem. “O cérebro entende que está tudo bem e começa a ficar efetivamente mais relaxado”.

Heringer explica que a respiração controlada funciona como uma âncora para estacionar pensamentos no presente, isolando-os de possíveis problemas futuros ou passados. É neste momento que ocorrem alterações na bioquímica do corpo humano. Neurologicamente, as correntes elétricas do cérebro vão reduzindo a intensidade, passando a sensação de tranquilidade.

“O corpo humano é um sistema equilibrado. Mas as situações e obrigações do dia a dia desequilibram este sistema. O que a meditação faz é restabelecer este equilíbrio. Isso pode ocorrer a hora que a gente quiser”, garante.

Ela afirma que no campo profissional, a técnica possibilitou a expansão da rede de pensamentos que ajusta as frequências.

“Profissionalmente você começa a perceber que não precisa se identificar com stress, angustia ou raiva o tempo todo”. Isso faz com que a interação com o cliente seja mais síncrona, a empatia fica evidente.

Mais que uma estudiosa do assunto, ela passou a disseminar a técnica. Ela quis expandir os benefícios para outras pessoas. Para isto, montou um grupo de trabalho, que funciona aos sábados pela manhã, no Centro de Macapá. “É possível forma egrégoras a partir de um grupo de pessoas”, justifica.

Ler 996 vezes Última modificação em Terça, 18 Junho 2019 00:53

Rua. Dr Marcelo Cândia, 925 - Santa Rita - Macapá/AP | Telefone: (96) 3222-3237, 3222-3247 e 3222-0125 | OUVIDORIA (96) 3118 5335.

Funcionamento de segunda-feira a quinta-feira 08:00-18:00, sexta-feira de 08:00 as 17:00.

 

História

A cooperativa odontológica Uniodonto Amapá foi fundada no dia 23 de setembro de 1997, durante assembleia realizada no auditório do CRO (Conselho Regional de Odontologia), em Macapá. No encontro, os presentes discutiram a aprovação do Estatuto, eleição da diretoria e pedidos de filiação à Federação das Uniodontos das Regiões Norte-Nordeste do Brasil.

Visão

Ser a melhor Rede Odontológica do Estado do Amapá, a partir, da aliança entre conhecimento, tecnologia e humanização.

Valores

Ética, Transparência, Qualificação Profissional e Valorização do Cirurgião Dentista e Colaboradores.

Missão

Promover a saúde bucal de qualidade com base no cooperativismo.