Destaque (144)

Segunda, 26 Junho 2017 12:40

Dói muito tirar o Dente do Siso?

Escrito por

É fato que ouvir algo sobre o dente do siso e principalmente as dores que ele traz, é algo comum para grande parte das pessoas, principalmente quando o assunto está ligado com complicações que esses dentes trazem.

No entanto, antes de saber se realmente dói para tirar os famosos dentes do siso ou recorrer a um profissional para retirá-lo, é interessante obter mais informações, confira a seguir as principais questões sobre o dente do siso:

1) O que é dente do siso?
Trata-se dos terceiros molares, os últimos dentes de cada lado da arcada. É comum que a partir dos 16 anos as pessoas escutem falar sobre ele, pois é em torno desse período que ele costuma aparecer. Naturalmente, em algumas pessoas isso ocorre mais cedo ou bem mais tarde que essa idade.

2) Quais são os problemas causados pelos dentes do siso?
Os principais impasses relacionados com complicações e dores por conta do nascimento desses dentes giram em torno principalmente de espaço. A razão, é que quando eles nascem, os outros dentes já estão acomodados na boca e em muitos casos, não há espaço suficiente para o nascimento adequado e tranquilo, por isso que eles podem causar inflamações, dores e até mesmo inchaço. Nesses casos, a extração é necessária.

Outro problema que pode acontecer, é de empurrar os outros dentes, causando assim problemas mais graves. No entanto, nem todo mundo passa por problemas, pois em alguns casos, o siso consegue nascer adequadamente. Lembrando que cabe ao dentista avaliar o seu quadro para ver se é possível e necessário retirar e qual é a solução mais indicada para eliminá-lo.

3) Dói extrair o siso?
Como dito anteriormente, extrair esses dentes pode ser a forma mais recomendada de tratar ou evitar problemas. Pode ser indicada pelo dentista uma anestesia geral ou local, pois é realmente uma extração realizada de maneira rotineira.

Tudo vai depender da situação dos seus dentes do siso, pois aqueles extraídos antes dos 20 anos, tem raízes menos desenvolvidas, dessa forma, a cirurgia pode acabar sendo mais simples. Esse processo consiste em uma incisão na gengiva, seguida pela remoção e finalizando com uma sutura. No entanto, tudo depende da posição do dente, condições do paciente e o quanto ele já nasceu, principalmente qual é o tipo de problemas que ele está causando.

Fonte: Sorrisologia

Sexta, 23 Junho 2017 09:51

O que são as facetas de porcelana

Escrito por

Não faltam opções na odontologia estética, uma alternativa para ter um sorriso perfeito, em poucas horas, são as facetas de porcelana. Tratam se de finas próteses fixadas na parte externa dos dentes. Em apenas duas seções, de duas horas cada, você poderá ter um novo sorriso e um novo visual. As facetas são lâminas bem finas que cobrem a parte visível dos dentes, como uma espécie de revestimento, proporcionando uma aparência bem natural. Elas são usadas também para corrigir falhas e trincados, dentes desalinhados, desgastados, manchados ou com espaçamento. Esta é a melhor alternativa para correção de posição dos dentes. Com as facetas é possível, também, aumentar o tamanho dos dentes.

 
Fonte: Sorridere

O dente pré-molar tem como principal função esmagar e rasgar os alimentos, durante a mastigação. Estes dentes são também conhecidos como bicúspides, pois têm duas cúspides (pontas aguçadas) na sua superfície. Um adulto tem, normalmente, oito dentes pré-molares, quatro em cada arcada dentária (inferior e superior) e dois de cada lado da linha mediana, que são chamados de primeiros e segundos pré-molares, sendo os primeiros maiores do que os segundos.

Os dentes pré-molares são dentes de transição entre os dentes anteriores e os molares. Têm a forma de pentágono e são inferiores aos dentes caninos, apresentando bordas convergentes.

Os pré-molares superiores costumam ser birradiculares, com uma raiz na vestibular e outra na lingual. Os primeiros a irromper podem mesmo apresentar três raízes e três canais. Desta forma, a intervenção endodôntica exigirá cuidados especiais do profissional dentista.

Os pré-molares inferiores apresentam também uma anatomia complexa e são, portanto, muito difíceis de tratar em endodontia. Podem apresentar mais do que um canal e raízes fusionadas, o que complica a intervenção do dentista.

Em qualquer dos casos, o profissional dentário deve realizar várias radiografias do dente, analisando-as com redobrado cuidado, antes de concluir um diagnóstico e de iniciar o procedimento endodôntico.

Fonte: dicionáriodental

O Programa de Desenvolvimento de Líderes entrou no II módulo nesta sexta-feira, 16, na sede do Sistema OCB Amapá. Chegou a hora dos cooperados da Uniodonto Amapá terem abordagens sobre o Controle Financeiro e a Gestão de Processos. O curso segue até o próximo sábado, 17.

Durante dois dias os profissionais do ramo odontológico trocam os consultórios pela maratona de conhecimento ofertada pelo Sistema OCB Amapá. O II módulo fica por conta do palestrante Reginaldo Félix, de Palmas/TO.

“O Programa de Desenvolvimento de Líderes oferece um conjunto completo de abordagens que tem o foco direcionado a gestão estratégica de consultórios. É uma oportunidade engrandecedora para o conhecimento dos profissionais”, ressaltou a Superintendente do Sescoop, Patrícia Sousa.

A presidente da Uniodonto Amapá, Dra. Ana Valéria Silva, enfatiza que ter a participação dos colegas neste momento de atualização e conhecimento é extremamente importante para o fortalecimento da cooperativa e dos consultórios dos cooperados.

“Queremos o melhor para o nosso cooperado. E este momento acaba nos permitindo uma maior aproximação aliada ao conhecimento, que se torna fundamental na vida de qualquer profissional. Agradecemos a participação de cada um e a parceria do Sistema OCB”, compartilhou Dra. Valéria.

Lílian Guimarães
Comunicação
(96) 98124-9681

Cooperados da Uniodonto Amapá participam de mais uma etapa do Programa de Desenvolvimento de Líderes nos dias 16 e 17 de junho, realizado pelo Sistema OCB Amapá.

O Curso Gestão Estratégica de Consultórios entra no seu segundo módulo com abordagens sobre Controle Financeiro e Gestão de Processos.

Serviço

Data: 16 e 17 de junho
Horário: 8h às 12h/ 14h às 18h
Local: Auditório do Sistema OCB Amapá
Endereço: Rua Tiradentes, 102 - Centro.

Quarta, 14 Junho 2017 11:48

Informe

Escrito por

Informamos que nesta quinta-feira, 15, não teremos expediente em virtude do Feriado de Corpus Christi. Retornaremos as nossas atividades normalmente na sexta-feira, 16.

Segunda, 12 Junho 2017 09:04

Bruxismo – sinais e sintomas

Escrito por
Bruxismo também é conhecido como o rangido e/ou cerramento dos dentes. É uma condição muito comum que afeta aproximadamente de 30 a 40 milhões de crianças e adultos no mundo.
 
Sinais e Sintomas
 
Caso você esteja com algum dos seguintes sintomas, você pode estar sofrendo de bruxismo:
Contrações rítmicas dos músculos da mandíbula;
Ranger os dentes, emitindo um som que pode perturbar o sono da pessoa com quem você compartilha o quarto;
Músculos da mandíbula apertados ou doloridos;
Estalo ou clique quando você mexe a articulação temporomandibular;
Dor por um período prolongado nos músculos da face;
Dentes danificados, restaurações dentárias quebradas e gengiva ferida;
Dor de cabeça; e
Inchaço (ocasional) na mandíbula inferior devido ao apertar dos dentes.
 
Causas
 
Alguns especialistas consideram o bruxismo um hábito, enquanto outros atribuem a causa a uma das seguintes opções:
Estresse, ansiedade, frustração e raiva;
Má oclusão, que é quando os dentes e a mandíbula não se alinham corretamente;
Sintoma de determinadas doenças do sistema nervoso;
Em casos raros, pode ser um efeito colateral de alguns medicamentos para o tratamento da depressão;
Complicação da doença de Huntington ou Parkinson.
 
Diagnóstico
 
As pessoas que rangem os dentes podem não estar cientes disso, já que normalmente ocorre enquanto elas dormem. O bruxismo pode ter complicações diversas sobre a saúde bucal, incluindo o desgaste dos dentes e o desenvolvimento de disfunção da ATM. Caso você ache que tenha bruxismo, converse com seu dentista.
 
Prevenção
 
Se o seu bruxismo estiver relacionado ao estresse, terapia e técnicas de relaxamento podem ajudar. Evite também estimulantes, como tabaco e cafeína.
 
Tratamento
 
A solução mais simples é usar uma placa noturna feita por um dentista, que impede os dentes de ranger enquanto você dorme. O seu dentista também pode ter que restaurar os dentes danificados ou ter que colocar coroas para devolver a forma e o tamanho adequados dos dentes.
 
Fonte: Colgate
Quinta, 08 Junho 2017 08:48

Como Tratar Suas Cáries

Escrito por

Entenda os sinais e sintomas das cáries. É importante conseguir reconhecer os sinais e sintomas das cáries assim que aparecerem. Desta maneira, é possível tratá-las sem dificuldades, evitando que se tornem maiores e mais doloridas com o passar do tempo. Ao observar um ou mais dos sintomas a seguir, pode haver cáries:

- Sensibilidade dentária ou dor de dente. Pode haver uma dor aguda leve ou moderada ao comer alimentos quentes, gelados ou doces.

- Dor ao morder.

- Orifícios ou buracos escuros nos dentes.

- Algumas cáries – em especial as que ficam na parte de trás da boca ou entre os dentes – serão invisíveis ao olho nu e podem não causar dor alguma. Estes tipos de cáries podem ser identificadas apenas através de raios-x, ou luzes fluorescentes; é exatamente por isso que é importante ir regularmente ao dentista.

- Recomenda-se que o paciente visite o dentista cerca de duas vezes por ano para que ele verifique se a saúde oral está boa. No entanto, pessoas que suspeitarem de uma cárie não devem esperar por uma das consultas, e sim marcar um horário o mais cedo possível.

Durante a consulta:

- Explique os sintomas e quaisquer sinas de desgaste dos dentes que percebeu. O dentista poderá localizar a cárie mais facilmente desta forma.

- Permita que o dentista examine os dentes. Ele analisará a boca para confirmar as cáries e suas localizações, utilizando um objeto de metal afiado para sentir ponto.

- O dentista remove as cáries com um aparelho. Elas são preenchidas com resina, porcelana ou amálgama de prata de coloração igual aos dentes.
Fonte: wikihow

Se você passou por uma cirurgia de extração de dente vai precisar de alguns cuidados para que não haja complicações no pós-operatório.

REPOUSO:
- Evite falar muito.
- Ficar em repouso o maior tempo possível nos três primeiros dias. Mantenha a cabeça mais elevada do que o resto do corpo por um período de 24 horas após a cirurgia.
- Não ficar exposto ao sol, evite atividades físicas e evite banhos muito quentes nos 5 primeiros dias.

ALIMENTAÇÃO:
- Não deixar de se alimentar, mas evite alimentos que possam ferir a área operada. Evite alimentos quentes nos primeiros dois dias após a cirurgia. Prefira os gelados ou frios para prevenir possíveis sangramentos.
- A alimentação deve ser líquida ou pastosa mornas/frias nos 2 primeiros dias, fracionadas de 3 em 3 horas (ex.:leite, sucos, vitaminas, sorvetes, picolés, mingau, iogurtes, gelatina, sopas, caldos, purês, alimentos batidos no liquidificador, macarrão, etc.).
- Tome água à vontade, pois a hidratação é cuidado importante.
- Não faça movimentos de sucção. Utilize um copo para beber.

HIGIENIZAÇÃO:
- Higienizar a área operada, sempre na frente do espelho, utilizando corretamente o fio dental e a escova de dentes com cerdas macias, com quantidade reduzida de pasta de dente, para que se forme pouca espuma.
- Utilizar um cotonete embebido de água filtrada ou enxaguante bucal sem álcool a base de clorexidina, como auxiliar para remover os restos de alimentos que ficam retidos nos pontos. Escove o dorso da língua. Não deixar que os pontos fiquem brancos!
- Não bochechar vigorosamente nos 4 primeiros dias. Apenas lave a boca com água, banhando a área operada cuidadosamente e cuspa para remover a espuma da pasta de dentes. Assim, é possível evitar possíveis sangramentos.

CUIDADOS COM A FERIDA:
- Não fique cuspindo por qualquer motivo.
- Nos 2 primeiros dias, colocar compressas geladas próxima à região operada, utilizando um saco plástico e grande quantidade de gelo, protegendo a pele com uma toalha fina de algodão, hidratante ou vaselina sólida para não queimar a pele. As compressas de gelo deverão ser feitas por 20 minutos, seguidos, obrigatoriamente, de um período de descanso de outros 20 minutos; após esse período, fazer nova aplicação de gelo por mais 20 minutos, e assim por diante até 24 horas para evitar possíveis inchaços.
- Não passe a língua, dedo ou qualquer objeto na área operada.
- Em casos de sangramento excessivo e contínuo (hemorragias), morder a região operada com gaze estéril, pressionando o local operado de forma ininterrupta. Caso o sangramento não pare, entrar em contato com o seu cirurgião-dentista.
- É normal a sensação de gosto de sangue com saliva na boca, e o sangramento pequeno na primeira noite, podendo inclusive manchar a roupa de cama. Para evitar que isso ocorra, durma com 2 travesseiros.

OUTROS CUIDADOS:
- Se for fumante, tente não fumar ou ao menos reduza a quantidade de cigarros até a cicatrização do corte.
- Não tome bebidas alcoólicas de nenhuma espécie.
- A prescrição medicamentosa deve ser seguida à risca, os horários das medicações devem ser rigorosamente respeitados. Em caso de dor forte ou febre, entrar em contato com o seu cirurgião-dentista o mais breve possível.
- Não deixe de comparecer à consulta de retorno para a remoção dos pontos e avaliação da cicatrização.
- Não dê ouvidos a qualquer conselho doméstico. Não tome nenhum medicamento por conta própria. O seu cirurgião-dentista é o profissional mais habilitado para resolver suas dúvidas.
Fonte: wikihow

Mesmo escovando os dentes e usando fio dental regularmente, podem surgir problemas de saúde bucal na idade adulta. Felizmente, seu dentista pode ajudá-lo a resolver a maior parte desses problemas.

A gengivite, no seu estágio inicial, é reversível. Seus sintomas são gengivas avermelhadas, inchadas e sensíveis, com tendência ao sangramento durante a escovação. Se perceber qualquer destes sintomas, converse com seu dentista para evitar problemas mais graves. No estágio avançado, a doença periodontal pode causar a perda dos dentes.

A saúde da gengiva também pode afetar a sua saúde geral. Estudos recentes mostram uma possível conexão entre a periodontite (uma doença da gengiva) e outras doenças, como, por exemplo a diabetes, problemas cardíacos e uma possível ligação com nascimentos prematuros. Para evitar o aparecimento de qualquer doença gengival, escove os dentes pelo menos três vezes ao dia, use fio dental diariamente e faça uma limpeza geral com o dentista.

À medida que ficamos mais velhos, as cáries em volta das restaurações (chamadas cáries recorrentes) e na raiz dos dentes se tornam mais comuns. Daí a importância de escovar com um creme dental com flúor, usar fio dental e ir ao dentista periodicamente.

Também a sensibilidade pode se tornar mais séria com o avançar da idade. Com o tempo, a gengiva se retrai naturalmente expondo áreas do dente que não são protegidas pelo esmalte. Essas áreas tendem a doer em função da temperatura dos alimentos ingeridos. Nos casos mais graves, pode ocorrer sensibilidade até ao ar frio. Se tiver dentes sensíveis, tente usar um creme dental apropriado. Se o problema persistir, vá ao dentista. A sensibilidade pode indicar a existência de cárie ou fratura no dente.

As coroas são usadas para fortalecer os dentes danificados. As coroas recobrem e protegem o dente afetado, fortalecendo-o e melhorando sua aparência, forma e alinhamento. Os implantes e as pontes são usados para preencher o espaço deixado pelos dentes extraídos. Os implantes substituem um ou mais de um dente ou servem de ponto de apoio para a fixação de dentaduras. Consulte o dentista para se informar sobre a possibilidade de implantes no seu caso específico. As próteses fixas são usadas para substituir dentes extraídos. 
São fixadas aos dentes naturais ou aos implantes situados ao lado dos espaços deixados pelos dentes extraídos.

Fonte: Colgate

Localização

Rua. Dr Marcelo Cândia, 925 - Santa Rita - Macapá/AP | Telefone: (96) 3222-3237, 3222-3247 e 3222-0125.

Funcionamento de segunda-feira a quinta-feira 08:00-18:00, sexta-feira de 08:00 as 17:00.

 

História

A cooperativa odontológica Uniodonto Amapá foi fundada no dia 23 de setembro de 1997, durante assembleia realizada no auditório do CRO (Conselho Regional de Odontologia), em Macapá. No encontro, os presentes discutiram a aprovação do Estatuto, eleição da diretoria e pedidos de filiação à Federação das Uniodontos das Regiões Norte-Nordeste do Brasil.

Visão

Ser a melhor Rede Odontológica do Estado do Amapá, a partir, da aliança entre conhecimento, tecnologia e humanização.

Valores

Ética, Transparência, Qualificação Profissional e Valorização do Cirurgião Dentista e Colaboradores.

Missão

Promover a saúde bucal de qualidade com base no cooperativismo.

 NFL Jerseys China