Blog
Itens filtrados por data: Abril 2017 - Portal Uniodonto Amapá - Planos odontológicos

Os pequeninos merecem e precisam de toda atenção com a saúde bucal. O cuidado com as crianças começa muito antes dos primeiros dentes nascerem. E incentivá-las desde pequenas a terem esse cuidado é uma ação que trará benefícios para o resto da vida.

Os responsáveis precisam limpar a gengiva das crianças com um massageador de gengiva, com uma gaze limpa umedecida ou com um pano úmido. Assim que os dentes de leite nascerem, é preciso escová-los três vezes ao dia com uma escova de cerdas macias e água, do contrário podem aparecer cáries e abcessos (bolsas de pus) que se formam na gengiva e causam muita dor para os pequenos.

É preciso estar alerta porque a criança começa a colocar na boca tudo que ela vê na frente para aliviar aquela sensação de coceira que ela tem na gengiva. Ela põe na boca a mãozinha, põe na boca objetos e isso vai fazer com que ela entre em contato com bactérias. E essas bactérias podem trazer mais diarreia. Pelo incômodo que ela sente, ela vai ficar mais irritada, ter o sono agitado, pode ter um pouquinho de febre, pode ficar sem apetite, porque ela está com dor na boca. Então, ela pode não querer comer. Mas, os pais devem ficar atentos porque isso é um transtorno passageiro. Então, não é uma coisa que vai ficar por um longo tempo.

Para aliviar as dores dos primeiros dentinhos uma boa dica é o frio: a água gelada, mordedorzinho gelado. Hoje em dia tem mordedorzinho com gel ou com água. Mas, se a gente não tem a nossa mão esse mordedor, eu posso pegar uma pedra de gelo e enrolar bem numa toalha, só que eu preciso ter o cuidado de ter certeza que a criança não vai engolir esse pedaço de gelo. Então, enrole bem numa toalha e dê pra ela morder esse pedaço de gelo enrolado na toalha. Isso vai fazer com que alivie essa dor. Outra dica, pode descascar uma laranja em gomos e colocar na geladeira também e dar pra criança morder essa laranja. Cuidado também com os gomos da laranja, porque eles podem afogar a criança. Então, ter bastante cuidado. Mas o frio, em geral, faz bem: ajuda a diminuir a coceira, o incômodo e a dar alívio.

Já a escovação deve ser com a escova, a gente pode começar desde cedo. A partir do momento que a criança consiga segurar a escova, uma escovinha pequena na mão, porque ela vai aprender que aquele é um hábito saudável. Ela vai criar o hábito, vai começar morder a escova, vai ver a mãe escovando, ver o pai escovando, vai simplesmente se interessar, saber que aquilo é importante. Agora, a necessidade de pegar escova e escovar os dentinhos acontece a partir do momento que nascem aqueles dentes lá atrás, que são os molares, porque eles são mais furadinhos, eles são os dentes que têm mais sulcos, mais fissuras, como a gente diz. Então, acumulam mais alimento, mais bactérias e placa bacteriana. E só escova com cerda vai conseguir mover essa placa. Para os outros dentinhos da frente, que são mais lisinhos, enquanto não tiver os dentes lá de trás, pode utilizar a fraldinha para fazer a limpeza e a aplicação de uma pasta de dente com flúor.

Importante frisar que os bebês podem ter cáries. Existe uma cárie que, antigamente, era chamada de “cárie de mamadeira”. Então, aquelas crianças que tomam muita mamadeira, principalmente durante a noite, e se os pais ainda colocam mais açúcar além do leite ou, então, algum outro produto ou achocolatado: isso vai fazer com que a criança desenvolva cárie muito cedo. Eu já vi crianças que, às vezes, não têm oito dentinhos na boca e já perderam alguns dentes por causa da doença cárie

Fonte: Pastoral da Criança

Publicado em Destaque

 


São dúvidas comuns e recorrentes sobre o cuidado dos dentes durante a gestação. Quando se fala sobre os cuidados essenciais durante a gestação, nem sempre as pessoas lembram da saúde bucal. Mas ela é tão importante quanto os exames mais conhecidos do pré-natal. Esse cuidado, inclusive, deve começar antes mesmo que a mulher engravide. Visitar o dentista e conferir se está tudo saudável na boca pode evitar incômodos futuros. Além disso, o nível de saúde bucal da gestante tem relação com a saúde bucal do futuro bebê.

Um grande número de mulheres têm gengivite, que é o sangramento da gengiva. Então, é necessário que a gestante tenha uma escovação de dente mais assídua, mais correta, faça o uso do fio dental, escove a sua língua e faça uso, também, de cremes dentais com flúor – que protegem os dentes da cárie.

Se a gravidez estiver nos primeiros meses é extremamente importante avisar ao dentista que ela está grávida, para que ele tome algumas cautelas quando for atendê-la. O que deve ser evitado no tratamento dentário no primeiro trimestre de gravidez são: radiografias, medicação contra dor e antibiótico, em especial, a tetraciclina.

É importante ter hábitos saudáveis de higiene bucal e uma boa alimentação durante a gravidez, pois o nível de saúde bucal da mãe tem relação com a saúde bucal do futuro bebê. Para isso, a adição de açúcar nos alimentos deve ser evitada, já que o açúcar natural dos alimentos é o suficiente. Estudos científicos mostram que crianças cujas mães apresentam alta concentração da bactéria causadora da cárie na saliva adquirem essa bactéria mais cedo e em maior número, aumentando os riscos de cárie nos dentes de leite.

Por isso, qualquer dúvida que surgir é importante consultar um dentista. O profissional pode fazer as devidas orientações e o tratamento da melhor forma possível.

Fonte: Pastoral da Criança.

Publicado em Destaque

A Uniodonto Amapá oportunizará aos seus cooperados o Programa de Desenvolvimento de Líderes do Ramo Saúde. O curso é fruto da assinatura do termo de adesão que ocorreu nesta segunda-feira, 17, com o Sistema OCB e Sescoop/AP.

O Termo possibilitará a realização do curso "Formação em Gestão Estratégica de Consultórios" , que ocorrerá em cinco módulos, sendo 16h cada, e será realizado entre os meses de maio a julho.

A presidente da Uniodonto Amapá, Dra. Ana Valéria, reafirmou mais uma vez o compromisso junto aos cooperados e ressaltou que esse curso é fruto do comprometimento da Uniodonto, que tem primado pela excelência na gestão.

"Primamos pela organização e aprimoramento da gestão. Completaremos 20 anos esse ano, e sempre caminhamos nessa crescente, que inclui levar conhecimento aos nossos cooperados. E claro, que o Sistema OCB Amapá contribue muito nessa relação, com uma parceria séria e de muito comprometimento", ressaltou Dra. Ana Valéria.

O Programa de Desenvolvimento de Líderes contará com módulos de Empreendedorismo, liderança e trabalho; Administração do tempo e atendimento eficaz; Gestão de Consultório e organização eficaz; Controle financeiro e gestão de processos; e O mercado odontológico e técnicas de negociação.


"Temos objetivo de promover a profissionalização da gestão e o aprimoramento dos produtos e serviços das Cooperativas do Amapá", destacou o presidente do Sistema OCB Amapá, Gilcimar Pureza.


Lílian Guimarães
Comunicação Uniodonto
Jornalista e RP
Especialista em Comunicação
Santa Mídia Comunicação
(96)98124-9681

Publicado em Destaque
Quarta, 12 Abril 2017 13:44

QUE TAL FAZER UM CHECK-UP BUCAL?

A saúde bucal não é milagre nem sorte. É preciso, dia após dia, dos cuidados certos. E ninguém melhor que o dentista para te orientar sobre o assunto. Por isso, o check-up odontológico é necessário, pois através desse procedimento o profissional consegue descobrir doenças no estágio inicial, além de manter seus dentes bonitos e protegidos de futuras complicações. 

O check-up odontológico é feito para descobrir alguma doença em fase inicial e tratar com uma terapia menos agressiva. Marcando esse compromisso a cada 6 meses, você terá sempre um sorriso bonito no rosto.

Esse é o melhor momento para conversar com o seu dentista. Dizer o que te incomoda ajuda a realizar o diagnóstico. E mesmo que não haja nenhum problema, o dentista fará uma limpeza, chamada de profilaxia, que retira todo tártaro ou acúmulo de placa bacteriana dos dentes, prevenindo a boca de doenças.

O grande segredo é fazer desta consulta um compromisso regular na sua agenda. Não procure o dentista só em casos de emergência. Marque uma visita sempre que ele achar necessário. 

Assim, você fica livre de doenças bucais, fará uma higiene bucal mais caprichada e, consequentemente, terá dentes bonitos e saudáveis por toda vida.

Fonte: Sorrisologia

Publicado em Destaque
Segunda, 10 Abril 2017 11:26

Flúor e seus benefícios

 
Os cooperados da Uniodonto Amapá esclarecem assuntos variados do nosso cotidiano para mantermos uma boa saúde bucal. A Odontopediatra e Ortodontista, Dra. Érika Barbosa, destaca os benefícios do flúor e a forma correta de aplicação.  
 
O flúor é um mineral encontrado na natureza. Porém, para que seja útil e eficaz na prevenção e tratamento das lesões da doença cárie, ele precisa ser transformado em laboratório para a forma de fluoreto (íon). O fluoreto poderá ser adicionado a uma série de produtos, sendo os mais frequentes em pastas de dentes, soluções para bochechos e compostos de uso tópico profissional (verniz, gel ou mousse).
 
Sua atuação no processo de cárie consiste em dois efeitos:
 
1 - PREVENTIVO - Se ele estiver diariamente presente na saliva, previne o dente da Desmineralização (perda de minerais pelo dente), que é causada por ácidos produzidos após ingestão de açúcares;
 
2-  TERAPÊUTICO - Se os dentes já têm desmineralização (perda), o fluoreto atua nessas áreas desmineralizadas, reforçando o esmalte em um processo denominado remineralização (ganho).
 
Dra. Érika que é Odontopediatra, esclarece  que desde 2008, a pasta de dente com flúor é indicada já a partir do primeiro dente do bebê, mesmo sabendo que ele irá engolir. 
 
"O fluoreto é como qualquer outro medicamento, e deve ser utilizado na concentração exata e na prescrição correta (frequência e quantidade na escova) orientada por um odontopediatra atualizado. Utilizado assim, não terá problema algum", explicou a dentista.
 
A Odontopediatra complementa dizendo que o protocolo é baseado em evidências científicas, recomendado pelas entidades que regem a saúde bucal e geral no mundo inteiro. Não deve ser uma conduta pessoal.
 
"A escolha do creme dental deve ser baseada somente na indicação do Odontopediatra e não  meramente em personagens, formas ou cores que atraem a criança. É preciso estar atento ao produto", alertou.
 
É importante ressaltar, que os pais devem levar os filhos ao dentista, a partir, dos seis meses de vida, com retorno semestralmente. A escovação dos dentes deve ocorrer sempre após as refeições, não esquecendo de utilizar o fio dental.
 
Lílian Guimarães 
Comunicação Uniodonto 
Jornalista e RP 
Especialista em Comunicação 
Santa Mídia Comunicação 
Publicado em Entrevistas

Desde cedo deve-se aprender: com a saúde bucal não se brinca. Trocadilhos à parte, é na brincadeira que uma inciativa da Cooperativa Odontológica Uniodonto Amapá tem ensinado jovens estudantes a manter o sorriso saudável.

O projeto, que é desenvolvido em parceria com o Conselho Regional de Odontologia (CRO/AP), promove ações educativas para crianças e adolescentes de escolas carentes, e, também, de entidades de ensino parceiras.

A odontóloga Dra. Adriana Gato, explica que o objetivo é conscientizar estudantes desde a infância até a adolescência quanto à prevenção. Ela garante que, apesar da pouca idade, o público infantil entende bem a mensagem.

“Desde os 3 anos já se deve saber a importância da saúde bucal na vida das pessoas. Nessa idade é o início da percepção do porquê com os cuidados, porque escovar, porque o doce pode fazer mal para os dentes. A intenção é o despertar da criança para a saúde bucal”, enfatiza a dentista.

Já na adolescência o projeto trabalha, com palestras educativas e outras atividades, autoestima dos jovens através do sorriso saudável. “Nessa faixa etária, o projeto tem sido muito bem recebido, pois os jovens querem estar com o sorriso bonito”, complementa Dra Adriana.

Nesta quinta-feira, 6, a iniciativa chegou ao Colégio Santa Bartolomea Capitânio, um dos mais tradicionais de Macapá. A ação foi focada num público muito específico: o ensino infantil.

A programação iniciou com a Odontopediatra Dra. Vilmar Lima, que orientou os pais sobre a higiene bucal das crianças.

Em seguida, o teatrinho itinerante da Uniodonto mostrou de forma dinâmica a importância da higiene bucal. Durante a apresentação, em que os atores interagiram com a plateia, cuidados com os primeiros dentinhos, como a escovação e os alimentos que causam cáries, foram ensinados.

A presidente da Uniodonto Amapá, Dra. Ana Valéria, que acompanhou a ação no Bartolomea, ressaltou a importância da conscientização nas crianças. “Elas estão na idade de comer bastante doces e outras besteiras. O nosso teatrinho passa as informações sobre os cuidados com o dente fazendo brincadeiras. Mas, aqui a brincadeira é séria, e eles sempre absorvem bem a mensagem”, enfatizou a Dra. Ana Valéria.

Brincadeiras à parte, os pequeninos do Santa Bartolomea aprenderam desde cedo que os melhores amiguinhos dos dentes são a escova, o creme, o fio dental, e claro, o dentista.

 -

-

-

Lílian Guimarães 
Comunicação Uniodonto 
Jornalista e RP 
Especialista em Comunicação 
Santa Mídia Comunicação 
(96) 98124-9681

Publicado em Destaque

Popularmente conhecido como tratamento de canal, a endodontia gera muitas dúvidas nos pacientes. Entre elas: se o tratamento dói, se o dente fica enfraquecido ou se ocorre mudança da coloração do dente. A cooperada da Uniodonto Amapá, Dra. Wilma Souza, esclarece algumas dessas dúvidas.

O que é o tratamento de canal?

A Endodontista explica que é o tratamento da polpa, que é uma estrutura situada na parte interna do dente e raiz. Nessa região está localizado o nervo e vasos sanguíneos do dente, responsáveis por sua vitalidade. O tratamento de canal ou tratamento endodôntico consiste na remoção da polpa dental, que é um tecido com vasos sanguíneos e nervos localizados na parte mais interna do dente. Esta pode estar sadia ou infectada e, ao ser removida, é substituída por um material obturador.

Quando o tratamento de canal é indicado?

A cooperada da Uniodonto Amapá, pontua que de modo geral, o tratamento é indicado em duas situações: Primeiro, quando a polpa vital (viva) se apresenta inflamada, com dor espontânea em decorrência da exposição da dentina por cárie profunda, trauma, fratura coronária (coroa do dente), retração gengival, etc; Segundo, quando a polpa perde a vitalidade (polpa necrosada) e compromete a estrutura que envolve a raiz, provocando inflamação da membrana periodontal e do osso de modo assintomático.

Quais os sintomas mais característicos?

Para a endodontista os sintomas estão ligados aos quadros agudos, com dor espontânea isto é, o dente começa a doer sem estímulo de forma latejante, e que aumenta com o calor. Em fases mais adiantadas da inflamação, a dor pode irradiar-se para regiões mais afastadas, sendo difícil distinguir qual o dente afetado. Neste caso, a polpa ainda está viva, porém inflamada, e o uso de analgésicos não resolve. Já quando há morte da polpa, geralmente a dor é bem localizada, havendo sensação de “dente crescido” e dor ao mastigar, porém em alguns quadros crônicos os sintomas são ausentes ou mal caracterizados, sendo que a descoberta de um dente lesionado é resultado de exames periódicos de rotina ao dentista.

O tratamento de canal enfraquece o dente?

A Dra. Wilma explica que em muitos casos, quando o dente requer o tratamento de canal, ele já está muito enfraquecido devido o comprometimento em virtude da cárie. Por isso é necessário escolher profissionais capacitados para que definam os melhores materiais a fim de restaurar e proteger a estrutura do dente.

É comum sentir dor após o tratamento de canal?

A Endodontista alerta que não! É normal que o paciente sinta a região onde foi realizado o tratamento e o local da aplicação da anestesia mais sensível, mas não em virtude do tratamento de canal.

O dente morre depois do tratamento de canal?

Dra. Wilma esclarece que o dente continua vivo, pois ainda possui todos os tecidos periodontais que o nutrem e fixam na boca. Apenas parte da sensibilidade dental é afetada.

O dente escurece após o tratamento de canal?

A profissional compartilha que é uma dúvida muito frequente, e explica que o dente escurece devido a hemorragia interna, que pode ocorrer em decorrência de um trauma, ou se o cimento utilizado na obturação for um cimento de coloração escura. Por isso é importante utilizar cimentos brancos que não promovem escurecimento da coroa e raiz dentais.

O que acontece se o tratamento de canal não for feito?

Dra. Wilma enfatiza que se o paciente não realizar o tratamento de canal quando necessário, poderá ocorrer o surgimento de fortes dores, infecção no tecido ósseo rente ao ápice da raiz levando à um abscesso dento-alveolar agudo, com muito inchaço e altíssimo risco das bactérias migrarem para a corrente sanguínea.

Pequenas e micro-infecções crônicas no ápice das raízes também podem provocar vários tipos de doenças sistêmicas como a endocardite bacteriana, acidentes vásculo-cerebrais (derrames), nascimento prematuro de bebês e abscessos pulmonares.

Dra. Wilma destaca que é importante que o paciente procure um profissional especializado para tirar qualquer tipo de dúvida e garantir o sucesso do tratamento.


Lílian Guimarães
Comunicação Uniodonto
Jornalista e RP
Especialista em Comunicação
Santa Mídia Comunicação
(96)98124-9681

Publicado em Entrevistas

No momento de dar aquele belo sorriso o que mais prevalece é a parte frontal dos dentes. Mas isso não significa que a escovação deve ser feita apenas nesse local. As áreas com maior probabilidade de formação de placa são as que ficam em regiões de difícil acesso à higiene, perto das saídas dos ductos das glândulas salivares. As mais atingidas são as partes posteriores dos dentes inferiores e anteriores, por conta das glândulas sublinguais, e na altura das bochechas dos primeiros molares superiores, em função das glândulas parótidas.

Por isso é importante varrer toda essa sujeira durante a escovação, para não gerar problemas bucais como o tártaro ou evoluir para uma doença gengival. Lembre-se sempre de escovar a parte da frente, de trás, de cima e dos lados. Para alcançar um resultado melhor na sua higiene bucal, tenha concentração nos movimentos que está realizando. Não transforme este ritual em algo automático.

Fonte: Sorrisologia

Publicado em Destaque

A Uniodonto Amapá tem primado pela integração e compromisso no trabalho prestado pelos seus colaboradores. Os profissionais são pautados pelo Regulamento Interno que é repassado pelo setor de Gestão de Pessoas da Cooperativa.

Nesta terça-feira, 04, a Uniodonto reuniu os colaboradores para apresentação e discussão de todos os pontos do regimento e para reafirmar o compromisso na relação entre a cooperativa e colaboradores.

"É importante essa interação e aproximação para termos sucesso na prestação do nosso serviço", avaliou a Ana Mira, do setor de Gestão de Pessoas da Uniodonto.

Pensando na valorização e investimento profissional a Uniodonto Amapá promoverá o Curso de Informática para os colaboradores. A capacitação tem sido uma bandeira permanente da cooperativa.

"Primamos muito pela valorização profissional. Por isso, investimos nos nossos profissionais. Queremos nivelar o conhecimento dos nossos colaboradores e os cursos são mais uma oportunidade de investimento junto ao nosso colaborador", explicou o gerente Geral da Uniodonto Egídio Pacheco.

Será ofertado posteriormente vagas para os cooperados que tiverem interesse.

 

Lílian Guimarães
Comunicação Uniodonto
Jornalista e RP
Especialista em Comunicação
Santa Mídia Comunicação
(96)98124-9681

Publicado em Destaque
Página 1 de 2

Localização

Rua. Dr Marcelo Cândia, 925 - Santa Rita - Macapá/AP | Telefone: (96) 3222-3237, 3222-3247 e 3222-0125.

Funcionamento de segunda-feira a quinta-feira 08:00-18:00, sexta-feira de 08:00 as 17:00.

 

História

A cooperativa odontológica Uniodonto Amapá foi fundada no dia 23 de setembro de 1997, durante assembleia realizada no auditório do CRO (Conselho Regional de Odontologia), em Macapá. No encontro, os presentes discutiram a aprovação do Estatuto, eleição da diretoria e pedidos de filiação à Federação das Uniodontos das Regiões Norte-Nordeste do Brasil.

Visão

Acreditamos na saúde bucal como qualidade de vida e satisfação do nosso cliente.